Derrota no cair do pano em Forjães 2012.03.05
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
  Forjães - Martim
 
  Uma semana e meia após a eliminação na taça da AF Braga o Académico de Martim voltou a Forjães e saiu novamente derrotado, desta feita por uma bola a zero, com o golo da equipa da casa a surgir a apenas três minutos dos noventa.
Dinis Rodrigues voltou a mexer na equipa, na baliza esteve Filipe, na defesa alinharam Júlio, Tiago, Roque e Quinteiro. Como médios mais defensivos alinharam Horácio e Bruno, Xavier jogou como médio mais adiantado. Na frente alinharam Gusto à direita, Gonçalo à esquerda e Ricardo Cruz no eixo do ataque.
O jogo apesar de não ter sido bem jogado, foi bastante disputado e jogadores de ambos os conjuntos foram de uma entrega total. O Martim esteve melhor na parte inicial da primeira parte, com o Forjães a equilibrar na fase final deste primeiro tempo.
No segundo tempo pertenceu ao Martim a iniciativa de jogo, com o Forjães a apostar numa toada de contra-ataque. Apesar de maior domínio o Martim não conseguia criar perigo para a baliza do Forjães e a verdade é que Stray não fez uma defesa digna de registo em toda a partida. Nem mesmo de bola parada o Académico consegui fazer tremer a defesa do Forjães, as bolas não saiam com a força suficiente para chegar à zona de perigo, ou em caso de lances estudados ficavam a meio do caminho.
Aos 71 minutos, com o resultado em 0-0 Dinis Rodrigues retira o avançado Ricardo Cruz e coloca em campo o médio Sandro, uma substituição que ninguém percebeu e que a própria equipa teve dificuldade em assimilar notando-se que alguns jogadores andavam algo perdidos dentro de campo.
A primeira ocasião de golo surgiu apenas ao minuto 73 e para equipa da casa, cruzamento da direita com Né em excelente posição a permitir uma grande defesa a Filipe.
O golo que ditou a vitória do Forjães surgiu ao minuto 87, cruzamento da direita com Mika de cabeça a bater Filipe.
Um golo que colocou alguma injustiça no resultado, já que a divisão de pontos era sem dúvida o resultado mais ajustado ao que se passou ao longo dos 90 minutos, mas o futebol não se compadece com justiças ou injustiças o facto é que o Forjães marcou um golo e o Martim não o conseguiu fazer.
Agora seguem-se dois jogos em casa, no próximo domingo às 16 horas com o Porto d’Ave e logo a seguir com o Arões. Uma dupla jornada caseira que se reveste se carácter absolutamente decisivo para o Martim, onde duas vitória são essenciais para continuar a lutar pela manutenção.



Forjães SC, 1
AFC Martim, 0

Estádio Horácio Queirós, Forjães - Esposende
Domingo, 4 de Março de 2012, inicio 15:00 horas
Campeonato da Divisão de Honra da AF Braga 2011/2012, 22.ª jornada
Árbitro: Gaspar Castro, auxiliado por Nuno Salgado e por Carlos Pizzaro

Forjães SC: Stray, Magalhães, Orlando, Hélder, Zé Avelino, Joel, Kiko (Paulo Gomes, 54), Né, Carlos (Mika, 54), Tó Mané e Bruno (Gabi, 74).
Suplentes não utilizados: Yvon, Sérgio, Pedro e Tiago.
Treinador: Zé Miguel

AFC Martim: Filipe, Júlio, Tiago (Pedro, 47), Roque, Quinteiro, Horácio, Bruno, Xavier, Gusto (Manaus, 86), Ricardo Cruz (Sandro, 71), e Gonçalo.
Suplentes não utilizados: Jorge II, Varela, Álvaro e Figo.
Treinador: Dinis Rodrigues


Disciplina

Cartão amarelo:
Kiko (35), Joel (37), Gabi (79) e Magalhães (90+2) do Forjães.
Gonçalo (40) e Ricardo Cruz (45+1), Bruno (57) e Sandro (90+3) do Martim.



Golos:
1-0 por Mika (87)
 
   
 
 
 
 
     
  Copyright 2007 Junta de Martim. Todos os direitos reservados. handmade by "Brainhouse e Tripledesign"