Reportório / Letras
 
 
1. VINDIMAS 12. MALHÃO PICADO
2. RUSGA 13. VIRA AFANDANGADO
3. VIRA DO LABRIOSQUE 14. VIRA DE CRUZ
4. MALHÃO SERRA DE AIRÓ 15. LINHO
5. MOINHO DE VENTO 16. ADEUS Ó LAURINDA
6. PAI DO LADRÃO 17. CEGUINHO
7. VIRA DA PENIDE 18. LIRÓI
8. CHULA NOVA 19. O VELHO E A VELHA
9. CAMINHO DA ROMARIA 20. CORADINHA
10. Ó ROSA Ó LINDA ROSA 21. CAIDI
11. DESFOLHADAS  
 
   
 
 
   
   
   
 
   
  Aqui temos nesta dança,
O nosso moinho de vento,
São as moças e os moços,
Que o põe em movimento.

O moinho da nossa terra,
Moi sempre sem parar,
Dá farinha com fartura
Para a aldeia sustentar.

Diz-me lá tu ó menina,
Onde vais tão apressada.
Vou ao moinho de vento,
P'ra moer esta fornada.

Roda roda meu moinho
Faz a seara gemer.
Este milho tão loirinho,
Está cá p'ra se moer.
   
   
 
 
     
  Copyright 2007 Junta de Martim. Todos os direitos reservados. handmade by "Brainhouse e Tripledesign"